Mundo

Terremoto de 5,9 graus deixa ao menos 16 mortos e fere mais de 200 na Tanzânia

Um terremoto de 5,9 graus na escala Richter deixou ao menos 16 mortos e feriu 253 pessoas no noroeste da Tanzânia. O abalo aconteceu no último sábado (10), no distrito de Bukoba, por volta das 9h30. As informações são do governador da província de Kagera, o general Salum Kijuu. A força do tremor destruiu aproximadamente 840 edifícios, 270 casas, além de deixar a região sem energia elétrica.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/AFP

Por Gabriel Nascimento no dia 11 de Setembro de 2016 ⋅ 14:37

Um terremoto de 5,9 graus na escala Richter deixou ao menos 16 mortos e feriu 253 pessoas no noroeste da Tanzânia. O abalo aconteceu no último sábado (10), no distrito de Bukoba, por volta das 9h30. As informações são do governador da província de Kagera, o general Salum Kijuu. A força do tremor destruiu aproximadamente 840 edifícios, 270 casas, além de deixar a região sem energia elétrica.

Uma cerimônia em memória às vítimas foi marcada para este domingo (11), no estádio nacional Kaitabe de Bukoba, com a presença do primeiro-ministro do país, Kassim Majaliwa. O Instituto Geológico dos EUA (USGS) informou que, o terremoto também atingiu países vizinhos como Ruanda, Burundi, Uganda e Quênia, e, de maneira mais fraca, a cidade de Bukavu, no leste da República Democrática do Congo (RDC).

Notícias relacionadas

[ Argentina prorroga quarentena por duas semanas]
Mundo

Argentina prorroga quarentena por duas semanas

Por Luciana Freire no dia 30 de Março de 2020 ⋅ 21:00 em Mundo

Pronunciamento foi feito no domingo (29), após Fernández se reunir com especialistas da área médica e científica e com todos os governadores do país

[Bebê de menos de um ano de idade com Covid-19 morre nos EUA]
Mundo

Bebê de menos de um ano de idade com Covid-19 morre nos EUA

Por Luciana Freire no dia 29 de Março de 2020 ⋅ 10:00 em Mundo

“Nunca houve uma morte associada a Covid-19 em uma criança. Uma investigação completa está em andamento para determinar a causa” afirmou a diretora do Departamento de Saú...