Mundo

Filme brasileiro é premiado no festival de Berlim

Exibido na seção Panorama do Festival de Cinema de Berlim, o filme brasileiro "Pendular"ganhou o prêmio da Federação Internacional de Críticos de Cinema (Fipresci), neste sábado (18). [Leia mais...]

[Filme brasileiro é premiado no festival de Berlim]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 20 de Fevereiro de 2017 ⋅ 12:52

Exibido na seção Panorama do Festival de Cinema de Berlim, o filme brasileiro "Pendular"ganhou o prêmio da 
Federação Internacional de Críticos de Cinema (Fipresci), neste sábado (18). "Pendular" é o segundo longa de Julia Murat, estrelado pelos atores Rodrigo Bolzan e Raquel Karro. O longa conta a história da relação profissional e o caso de amor entre uma bailarina e um escritor em um galpão que se muda para um grande galpão industrial abandonado.
 
Confira os vencedores das principais categorias do Festival de Berlim:
- Urso de Ouro de melhor filme: On Body and Soul, Ildiko Enyedi (Hungria)
- Urso de Prata (Grande prêmio do Júri): Félicité, Alain Gomis (França, Senegal, Bélgica, Alemanha, Líbano)
- Urso de Prata de melhor diretor: Aki Kaurismaki por The Other Side of Hope (Finlândia, Alemanha)
- Urso de Prata de melhor atriz: Kim Min-hee por  On the Beach at Night Alone, de Hong Sang-soo (Coreia do Sul)
- Urso de Prata de melhor ator: Georg Friedrich (Áustria) por Bright Nights, de Thomas Arslan (Alemanha, Noruega)
- Urso de Prata de melhor contribuição artística: Ana, Mon Amour, de Calin Peter Netzer (Romênia, Alemanha, França)
- Urso de Prata de melhor roteiro: Una Mujer Fantastica, de Sebastian Lelio (Chile, EUA, Alemanha, Espanha)
- Prêmio Alfred Bauer em memória do fundador do festival para um filme que abre novas perspectivas: Spoor, de Agnieszka Holland (Polônia, Alemanha, República Checa, Suíça, Suécia, Eslováquia)
- Prêmio de melhor documentário (novidade 2017): Ghost Hunting, de Raed Andoni (Palestina)
- Prêmio de Melhor primeiro filme: Summer 1993, de Carla Simon, Espanha
- Urso de Ouro de melhor curta-metragem: Cidade Pequena, de Diogo Costa Amarante (Portugal)
- Urso de prata de curta metragem: Ensueño en la Pradera (Sonho na Pradaria, em tradução livre), de Esteban Arrangoiz Julien (México)

Veja 

Notícias relacionadas