Mundo

Trump anuncia revogação das principais medidas climáticas de Obama

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, firmou nesta terça-feira (28) um decreto em que revoga as normas que previam a luta para evitar as mudanças climáticas. O novo texto altera sumariamente o Plano Energia Limpa (CPP), lançado pelo seu antecessor Barack Obama, que impõe a usinas elétricas uma redução drástica das emissões de carbono. Durante uma cerimônia na Agência de Proteção Ambiental (EPA), Trump prometeu "pôr fim à guerra contra o carvão", e em nenhum momento mencionou as mudanças climáticas.[Leia mais...]

[Trump anuncia revogação das principais medidas climáticas de Obama]
Foto : Trump

Por Matheus Simoni no dia 28 de Março de 2017 ⋅ 16:53

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, firmou nesta terça-feira (28) um decreto em que revoga as normas que previam a luta para evitar as mudanças climáticas. O novo texto altera sumariamente o Plano Energia Limpa (CPP), lançado pelo seu antecessor Barack Obama, que impõe a usinas elétricas uma redução drástica das emissões de carbono.

Durante uma cerimônia na Agência de Proteção Ambiental (EPA), Trump prometeu "pôr fim à guerra contra o carvão", e em nenhum momento mencionou as mudanças climáticas. "Com esta decisão, estamos retirando a intrusão do governo e cancelamos uma regulação que mata os empregos", disse Trump durante seu breve discurso. "Recolocaremos os mineradores no trabalho. Comigo chega ao fim a guerra ao carvão", afirmou o presidente.

A nova medida de Trump já recebeu críticas de vários ativistas e líderes políticos, entre eles o ex-secretário-geral das Nações Unidas e Nobel da Paz, Kofi Annan. Em Bruxelas, o ex-secretário declarou que Trump "perderá" no tema ambiental, "porque o mundo caminha para outra parte".

Notícias relacionadas