Mundo

FBI investiga se Uber usou software para interferir em empresas rivais

A Uber Technologies está sendo investigada pelo FBI, suspeita de ter utilizado softwares para interferir ilegalmente no trabalho de empresas concorrentes. [Leia mais...]

[FBI investiga se Uber usou software para interferir em empresas rivais]
Foto : Filipe Araújo/ Fotos Públicas

Por Laura Lorenzo no dia 08 de Setembro de 2017 ⋅ 15:56

A Uber Technologies está sendo investigada pelo FBI, suspeita de ter utilizado softwares para interferir ilegalmente no trabalho de empresas concorrentes. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira (8) pelo jornal americano The Wall Street Journal.

A investigação tem como foco um programa da Uber, que é conhecido internamente como \"Hell\", e teria como função rastrear os motoristas da empresa Lyft, concorrente da Uber. O ponto principal a ser descoberto é se o programa dava acesso não autorizado a um computador.

Com o programa, que foi descontinuado em 2016, a Uber teria, supostamente, criado contas de passageiros falsos da Lyft para solicitar corridas, o que possibilitava o monitoramento dos motoristas nas proximidades e dos valores das corridas da concorrente. O software permitiria ainda que a Uber tivesse acesso a dados dos motoristas da outra empresa, o que pode ter permitido que os funcionários fossem incentivados a deixar a Lyft.

Notícias relacionadas