Mundo

Coreia do Norte acusa EUA de declararem guerra e promete contra-ataque

O ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, afirmou nesta segunda-feira (25) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou guerra ao país. A declaração foi feita em Nova York, em conversa com jornalistas após encerrar sua participação na 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas. [Leia mais...]

[Coreia do Norte acusa EUA de declararem guerra e promete contra-ataque]
Foto : Steven Schneider

Por Matheus Simoni no dia 25 de Setembro de 2017 ⋅ 15:11

O ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, afirmou nesta segunda-feira (25) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou guerra ao país. A declaração foi feita em Nova York, em conversa com jornalistas após encerrar sua participação na 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Ainda de acordo com o representante do governo coreano, o país se reserva ao direito de tomar medidas, inclusive de abater bombardeiros norte-americanos, mesmo que eles não estejam sobrevoando a Coreia do Norte.

\"O mundo inteiro deve claramente se lembrar que foram os Estados Unidos que primeiro declararam guerra ao nosso país\", disse Ri a repórteres. \"Considerando que os Estados Unidos declararam guerra ao nosso país, temos todo o direito de adotar contramedidas, incluindo o direito de derrubar bombardeiros estratégicos dos Estados Unidos, mesmo que eles não estejam dentro do espaço aéreo do nosso país\", ameaçou. No sábado, o ministro já havia declarado que o presidente americano não passava de \"um trastornado mental que está repleto de megalomania\".

Notícias relacionadas