Mundo

Primeiro-ministro da Espanha anuncia intervenção na Catalunha e eleições regionais

O governo espanhol, por meio do primeiro-ministro Mariano Rajoy, decidiu neste sábado (20) assumir o controle da Catalunha e destituir o presidente regional, Carles Puigdemont, e todos os seus conselheiros. A decisão da Espanha tem como base o artigo 155 da Constituição do país, que prevê a suspensão temporária da autonomia de regiões subordinadas a Madrid. [Leia mais...]

[Primeiro-ministro da Espanha anuncia intervenção na Catalunha e eleições regionais]
Foto : AFP

Por Matheus Simoni no dia 21 de Outubro de 2017 ⋅ 09:41

O governo espanhol, por meio do primeiro-ministro Mariano Rajoy, decidiu neste sábado (20) assumir o controle da Catalunha e destituir o presidente regional, Carles Puigdemont, e todos os seus conselheiros. A decisão da Espanha tem como base o artigo 155 da Constituição do país, que prevê a suspensão temporária da autonomia de regiões subordinadas a Madrid. O dispositivo nunca havia sido acionado pelo governo, que também anunciou que fará eleições regionais na Cataluna em um prazo de seis meses. As medidas ainda precisam de aprovação do Senado.

Em carta enviada ao governo central, Puigdemont, que chegou a declarar a independência da Catalunha e acabou voltando atrás, pede um diálogo para a opção de renunciar essa declaração de independência. Ele alerta, no entanto, que se a Espanha persistir em impedir o diálogo, o Parlamento poderá proceder a votação da declaração formal de independência.

O último referendo pela independência da região teve comparecimento de 43% do eleitorado e apontou que mais de 90% afirmam que querem a separação do país e a formação de uma república.

Notícias relacionadas