Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Atirador que matou 4 nos EUA já tentou invadir a Casa Branca

Na época, o armamento encontrado na casa do atirador foi entregue ao pai de Reinking, que, posteriormente, acabou devolvendo as armas ao filho. Dentre elas, o rifle tipo AR-15 que foi usado no ataque ao restaurante. [Leia mais...]

[Atirador que matou 4 nos EUA já tentou invadir a Casa Branca]
Foto : Reprodução/Twitter/Metropolitan Nashville Police Department

Por Marina Hortélio no dia 23 de Abril de 2018 ⋅ 15:42

O atirador que matou quatro pessoas ontem (22) durante um ataque a uma unidade da cadeia de restaurantes Waffle House, do Tennessee, já teria sido detido no ano passado ao tentar entrar na Casa Branca. O autor do atentado, Travis Reinking, 29 anos, ainda está foragido.

Reinking foi detido em junho do ano passado pelo Serviço Secreto ao entrar em uma área protegida próxima à Casa Branca e se recusar de deixar o local. Depois do caso, a polícia de Illinois retirou o direito dele de portar armas.

Na época, o armamento encontrado na casa do atirador foi entregue ao pai de Reinking, que, posteriormente, devolveu as armas ao filho. Entre elas, o rifle tipo AR-15 que foi usado no ataque ao restaurante.

Segundo a polícia de Illinois, Reinking tinha histórico de problemas mentais, o que, segundo o chefe da instituição de Nashville, Steve Anderson, pode ter motivado o crime de ontem. No ataque no Waffle House, Travis invadiu o restaurante em Antioch, nos subúrbios de Nashville, vestido apenas com uma jaqueta, e disparou contra os clientes.

Duas pessoas morreram dentro do local e outras duas do lado de fora. Cerca de 80 agentes participam das buscas pelo suspeito.

Notícias relacionadas