Mundo

China nega pacote de US$ 200 bi para reduzir déficit comercial dos EUA

O vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, foi a Washington nesta semana para discussões com autoridades dos EUA com o objetivo de evitar uma guerra comercial entre os dois países 

[China nega pacote de US$ 200 bi para reduzir déficit comercial dos EUA]
Foto : Liu He, vice-primeiro-ministro chinês | Qilai Shen/Bloomberg/Getty Images

Por Metro1 no dia 18 de Maio de 2018 ⋅ 17:40

A China negou hoje (18) que tenha oferecido um pacote para reduzir o déficit comercial dos EUA em até US$ 200 bilhões, horas depois de ter desistido de uma investigação antidumping sobre as importações de sorgo americanas, em um gesto conciliatório no momento em que os principais negociadores se encontram em Washington. 

“Esse rumor não é verdade. Isso eu posso confirmar para vocês”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores Chinês, Lu Kang, em entrevista à imprensa. 

O vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, foi a Washington nesta semana para discussões com autoridades dos EUA lideradas pelo secretário do Tesouro, Steven Muchin, com o objetivo de evitar uma guerra comercial entre as duas maiores economias globais. 

Nos últimos dias, a China se pronunciou com a informação de que tinha encerrado a investigação sobre sorgo, o que efetivamente suspendeu um comércio no valor de cerca de US$ 1,1 bilhão de dólares no ano passado e afetou os mercados globais de órgãos e provocou preocupações sobre o aumento dos custos internamente.

Notícias relacionadas