Mundo

Papa expulsa da Igreja bispos chilenos acusados de abuso sexual

Decisão foi divulgada após pontífice ter recebido presidente do Chile em audiência privada

[Papa expulsa da Igreja bispos chilenos acusados de abuso sexual]
Foto : Andreas Solaro / AFP

Por Daniel Brito no dia 13 de Outubro de 2018 ⋅ 15:30

O papa Francisco expulsou do sacerdócio dois bispos chilenos acusados de abuso sexual, informou na manhã de hoje (13) o Vaticano através de um comunicado divulgado após o fim de uma audiência privada do pontífice com o presidente chileno, Sebastián Piñera.

Francisco José Cox Huneeis, arcebispo emérito de La Serena, e Marco Antonio Ordenes Fernández, arcebispo emérito de Iquique, foram excomungados "como resultado de atos manifestos de abuso de menores", justificou a Santa Sé. Ainda segundo a nota, as evidências descartam a necessidade de um julgamento e a decisão do Papa é definitiva, não cabendo mais nenhum recurso.

Ontem (12), o pontífice já hava aceito o pedido de demissão do cardeal americano Donald Wuerl de seu cargo de arcebispo de Washington, após ter sido citado em um relatório que expôs casos de abusos sexuais de padres contra crianças.

Notícias relacionadas