Mundo

Corpo de jornalista foi dissolvido em substância química, diz Turquia

Jamal Khashoggi foi assassinado há um mês no Consulado da Arábia Saudita em Istambul

[Corpo de jornalista foi dissolvido em substância química, diz Turquia]
Foto : AFP/Getty Images

Por Marina Hortélio no dia 03 de Novembro de 2018 ⋅ 15:30

O assessor do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou ao jornal Hürriyet, que o corpo do jornalista saudita Jamal Khashoggi, que foi assassinado há um mês no Consulado da Arábia Saudita em Istambul, foi esquartejado e dissolvido em uma substância química.

De acordo com o governo turco, os assassinos do jornalista desmembraram o corpo para que ele fosse dissolvido com mais facilidade.

Um comando de cerca de 15 agentes enviados por Riad foi responsável pelo crime. A Turquia aponta o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohamed bin Salman, como o mandante do assassinato.

Na última quarta-feira (31), o Ministério Público da Turquia confirmou que o corpo de Khashoggi havia sido esquartejado. "[O corpo] foi procurado em todos os lugares que aparecem no sistema de câmeras de vigilância, mas não foi encontrado. O que há são indícios", disse o assessor.

Notícias relacionadas