Mundo

Post de Bolsonaro com pornografia repercute na imprensa internacional

Os jornais "The New York Times", o britânico "Independent" e o argentino "Clarin" comentaram a publicação

[Post de Bolsonaro com pornografia repercute na imprensa internacional]
Foto : Reprodução

Por Kamille Martinho no dia 06 de Março de 2019 ⋅ 15:00

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) postou hoje (6) um vídeo obsceno no Twitter e a publicação repercutiu na imprensa internacional. O vídeo mostra um homem introduzindo o dedo no próprio ânus e em outro momento, um rapaz urinando na cabeça desse mesmo homem.

O maior jornal do mundo, The New York Times, destacou que o presidente fez um post com "conteúdo gráfico" para denunciar o Carnaval, festa mais popular do país. A reportagem diz que "o post sinaliza que Bolsonaro vê valor em estimular debates sociais sobre orientação sexual e moralidade que o elevaram ao poder".

O britânico "Independent" diz que a mensagem de Bolsonaro é tentativa de desacreditar os protestos contra o presidente durante o Carnaval: “o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, postou um vídeo sexualmente explícito no Twitter em uma aparente tentativa de desacreditar o Carnaval de São Paulo, um festival anual de rua da cidade, que contou com protestos contra sua agenda de extrema-direita”.

O argentino "Clarin" destaca em sua chamada que Bolsonaro compartilhou "um vídeo escatológico e críticas ao Carnaval". "No tradicional Carnaval do Rio de Janeiro, a maioria das escolas destacou suas diferenças com Bolsonaro e seus desfiles apostaram em enviar mensagens de tolerância e respeito à diversidade. A (mensagem) do presidente brasileiro parece uma resposta e essas críticas das emblemáticas escolas de samba".

Notícias relacionadas