Mundo

Ghosn é preso novamente no Japão e pede ajuda da França

Ele estava solto sob fiança no Japão

[Ghosn é preso novamente no Japão e pede ajuda da França]
Foto : Divulgação

Por Kamille Martinho no dia 04 de Abril de 2019 ⋅ 18:20

O ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, foi preso novamente hoje (4) devido a novas acusações de má conduta financeira para se enriquecer à custa da Nissan. Ele estava solto sob fiança no Japão.

Procuradores de Tóquio disseram que Ghosn deu US$ 5 milhões de prejuízo à Nissan durante um período de dois anos e meio que se estendeu até julho de 2018.

Ghosn, que tem cidadania francesa, libanesa e brasileira, pediu ajuda do governo da França.

O principal advogado do executivo, Junichiro Hironaka, disse que a acusação adicional provavelmente prolongará o julgamento de Ghosn, que deve começar no final deste ano, e que os procuradores confiscaram o celular, documentos, cadernos e diários de Ghosn, disse ele, além do celular e do passaporte de sua esposa.

Notícias relacionadas