Mundo

Após nova detenção, defesa de Ghosn recorre ao Supremo japonês

O empresário estava em liberdade após pagar uma fiança, mas foi novamente detido

[Após nova detenção, defesa de Ghosn recorre ao Supremo japonês]
Foto : Divulgação

Por Kamille Martinho no dia 10 de Abril de 2019 ⋅ 19:30

Os advogados do ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, apresentaram hoje (10) um recurso contra a decisão do Supremo Tribunal do Japão de manda-lo de volta para a prisão. 

A defesa do brasileiro optou pela apelação especial, que permite "pular" instâncias intermediárias e comparecer diretamente à máxima autoridade judicial do país.

O empresário estava em liberdade após pagar uma fiança, mas foi novamente detido na última quinta-feira (4) após surgirem novas acusações de desvio de parte dos recursos transferidos a uma distribuidora em Omã para uso pessoal.

Notícias relacionadas