Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Fundador do WikiLeaks, Julian Assange é preso em Londres

Presidente do Equador, Lenin Moreno, anunciou que suspendeu o asilo que concedia a ele

[Fundador do WikiLeaks, Julian Assange é preso em Londres]
Foto : Henry Nicholls/ Reuters

Por Juliana Almirante no dia 11 de Abril de 2019 ⋅ 07:01

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi detido, nesta quinta-feira (11), pela polícia na embaixada do Equador, em Londres. Ele estava refugiado no país desde 2012, para tentar evitar a extradição para a Suécia, devido a um acusação de abuso sexual.

De acordo com a BBC, o presidente equatoriano, Lenin Moreno, anunciou que suspendeu o asilo que concedia a ele após repetidas violações de convenções internacionais.

No entanto, o Wikileaks postou no Twitter que o Equador agiu ilegalmente ao terminar o asilo político de Assange.  Ontem, a organização divulgou ter descoberto uma extensa operação de espionagem contra seu fundador na embaixada equatoriana.

"O WikiLeaks descobriu uma operação de espionagem ampla contra Julian Assange dentro da embaixada equatoriana", disse Kristinn Hrafnsson, editor-chefe do WikiLeaks, à Agência Reuters. 

Assange inicialmente enfrentará processos judiciais no Reino Unido e poderá ser extraditado para os Estados Unidos por conta das revelações do Wikileaks.

Assista ao registro da prisão:

 

Notícias relacionadas