Mundo

Guaidó convoca população às ruas por 'fim à usurpação' na Venezuela

Comunicação do governo de Maduro anunciou que foram convocados militantes chavistas contra a nova tentativa do que chamou de 'golpe de estado'

[Guaidó convoca população às ruas por 'fim à usurpação' na Venezuela]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Matheus Simoni no dia 30 de Abril de 2019 ⋅ 11:00

O autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, convocou a população do país para ir às ruas contra o que chamou de "usurpação" do governo venezuela. Na manhã de hoje (30), o líder se reuniu com unidades militares das Forças Armadas e declarou ter dado início à fase final do que ele chama de "Operação Liberdade". Pelas redes sociais, ele anunciou que as Forças Armadas continuarão a implementação até que se consolide "o fim da usurpação, que já é irreversível".

"Povo da Venezuela, foi dado início ao fim da usurpação. Neste momento me encontro as principais unidades militares das nossas Forças Armadas dando início a fase final da Operação Liberdade", tuitou, em uma sequência. Guaidó ainda elogiou as forças armadas, ao dizer que elas "tomaram a decisão correta". 

No entanto, o ministro da defesa, Vladimir Padrinos, confirmou que as forças militares seguem fiéis ao governo de Nicolás Maduro. “A Fanb se mantém firme na defesa da Constituição Nacional e de suas autoridades legítimas”, publicou ele no Twitter. A comunicação do governo de Maduro anunciou que foram convocados militantes chavistas para se dirigirem ao Palácio de Miraflores, sede do governo venezuelano, para resistirem junto com as Forças Armadas Bolivarianas a nova tentativa do que chamou de "golpe de estado".

Notícias relacionadas