METROPOLE

Domingo, 16 de maio de 2021

Mundo

Moçambique recebeu menos de 10% da ajuda necessária após ciclones

Ao todo, mais de 2 milhões de moradores foram afetados pelas duas tempestades tropicais

Moçambique recebeu menos de 10% da ajuda necessária após ciclones

Foto: Emidio Jozine

Por: Kamille Martinho no dia 03 de maio de 2019 às 18:40

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que Moçambique só recebeu até ontem (2) US$ 3 milhões dos US$ 38 milhões necessários para conter, em um primeiro momento, as doenças comuns após desastres humanitários, como cólera e malária.

O ciclone Idai, deixou mais de 1000 mortos em decorrência dos fortes ventos e das inundações que afetaram parte do território por vários dias. A situação foi agravada pelo segundo ciclone, o Kenneth. Ao todo, mais de 2 milhões de moradores foram afetados pelas duas tempestades tropicais. 

“Recebemos medicamentos, equipes médicas, mas dos US$ 38 milhões que precisávamos chegaram apenas cerca de US$ 3 milhões. Por isso, algumas das atividades que deveríamos levar adiante ainda estão comprometidas”, explicou a representante do OMS no país, Djamila Cabral, ao G1.

TV METRO

Entrevistas

Alice Portugal

Em 14 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Moçambique recebeu menos de 10% da ajuda necessária após ciclones - Metro 1