Mundo

Mais dois alpinistas morrem no Everest este ano

O número de mortos na temporada de escalada vai a 10

[Mais dois alpinistas morrem no Everest este ano ]
Foto :Handout / Project Possible / AFP Photo

Por Aline Reis no dia 25 de Maio de 2019 ⋅ 08:30

Um alpinista britânico e um irlandês morreram no Everest, pico mais alto do mundo, com 8.848m de altura e fica na fronteira entre o Nepal e o Tibete, o que eleva a 10 as vítimas fatais nesta temporada de escalada na região, informaram neste sábado (25) organizadores de expedições no Nepal. 

Ontem, autoridades nepalesas anunciaram que quatro alpinistas morreram nas últimas 48 horas no Everest. Dois deles eram indianos, um era austríaco e outro, nepalês.

Uma das vítimas, a indiana Kalpana Das, de 52 anos, chegou ao topo do Everest, mas morreu na quinta-feira (23) à tarde no momento da descida. Outro indiano, Nihal Bagwan, 27 anos, também morreu durante a descida.

O austríaco, de 65 anos, era alpinista e morreu no lado tibetano da montanha, anunciou um organizador de expedição. O nepalês, um guia de 33 anos, morreu em um acampamento-base, depois de ficar doente no campo 3, a 7.158 metros de altitude.

Até quinta (23), quase 550 alpinistas tinham alcançado o topo do Everest nesta temporada, de acordo com dados divulgados pelas autoridades nepalesas. O período entre o fim de abril e o mês de maio é considerado mais vantajoso para a escalada do monte, pois as condições meteorológicas são menos extremas.

No ano passado, foram registradas 5 mortes na temporada de escalada do monte.

Notícias relacionadas

[Morre fundador do Banco Real, Aloysio Faria aos 99 anos]
Mundo

Morre fundador do Banco Real, Aloysio Faria aos 99 anos

Por João Brandão no dia 15 de Setembro de 2020 ⋅ 17:00 em Mundo

Aloysio Faria também liderava o Conglomerado Alfa, que conta com empresas como a C&C Casa e Construção, a Rede Transamérica de Hotéis, a Águas Prata, Sorvetes La Basque,...