Mundo

Países que apoiam Guaidó na Venezuela são 'loucos', diz Putin

Para o governante russo, caso esse tipo de atitude fosse repetido por outros países, causaria o "caos no mundo todo"

[Países que apoiam Guaidó na Venezuela são 'loucos', diz Putin]
Foto : Alexei Druzhinin/Kremlin via Reuters

Por Daniel Brito no dia 06 de Junho de 2019 ⋅ 17:00

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, classificou hoje (6), durante entrevista com responsáveis pelas principais agências de notícias internacionais, de "loucos" os países que apoiam o líder do parlamento da Venezuela e autoproclamado presidente interino do país, Juan Guaidó.

"É uma pessoa agradável. Minha atitude com ele é normal, absolutamente neutra. Mas, se introduzirmos esta prática, este modo de chegar ao poder - a pessoa para em uma praça, olha para ao céu e diante de Deus se proclama chefe do Estado - isto é normal?", questionou.

Para o governante russo, caso esse tipo de atitude fosse repetido por outros países, causaria o "caos no mundo todo".

"Elejamos assim o presidente dos Estados Unidos. Seja onde for. Ou elejamos assim o primeiro-ministro britânico. Ou o presidente da França. O que aconteceria? Eu gostaria perguntar aos que apoiam isto. Vocês ficaram loucos? Entendem no que isto pode levar? Tem que haver certas regras, ou não?", indagou.

Ainda de acordo com Putin, a crise na Venezuela deve ser resolvida pela população do país, que deve, ainda, "decidir mediante o diálogo, consultas e a interação entre as diversas forças políticas se Maduro deve permanecer no poder ou deixá-lo", concluiu.

Notícias relacionadas