Mundo

Após pagamento de fiança, detidos por agredir casal de lésbicas ganham liberdade

Polícia metropolitana de Londres continua investigando o envolvimento de mais pessoas no ataque homofóbico

[Após pagamento de fiança, detidos por agredir casal de lésbicas ganham liberdade]
Foto : Arquivo Pessoal

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Junho de 2019 ⋅ 13:40

Os cinco acusados de agredir um casal de lésbicas em um ônibus de Londres, detidos pela Polícia do Reino Unido, foram soltos após o pagamento de fiança. Um deles havia sido preso ontem (8).

Segundo o Estadão, eles vão responder por acusações de roubo e assalto com agravantes pelo ataque contra Melania Geymonat, uma comissária de bordo uruguaia da companhia aérea Ryanair, de 28 anos, e sua namorada, uma norte-americana identificada apenas como Chris.

A polícia metropolitana de Londres continua investigando o envolvimento de mais pessoas no incidente, que deixou as duas vítimas feridas.

As duas mulheres foram atacadas quando os homens perceberam que eram um casal e começaram a repreendê-las, pedindo-lhes que se beijassem e fazendo, ao mesmo tempo, gestos obscenos para elas.

Notícias relacionadas