Mundo

Justiça condena líderes separatistas da Catalunha e manifestantes fecham aeroporto

Aeroporto de Barcelona teve acesso fechado após réus receberem penas que vão de 9 a 13 anos

[Justiça condena líderes separatistas da Catalunha e manifestantes fecham aeroporto]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Catarina Lopes no dia 14 de Outubro de 2019 ⋅ 17:20

A Suprema Corte da Espanha condenou hoje (14) nove líderes separatistas da Catalunha por seu envolvimento na tentativa de independência de 2017. Eles foram absolvidos da acusação de rebelião, mas receberam penas de prisão que vão de 9 a 13 anos por sedição, uma forma mais suave de rebelião.

Após a divulgação da sentença, ocorreram protestos com confrontos com a polícia na Catalunha, especialmente na capital da região, Barcelona. Ao menos 20 voos no aeroporto El Prat foram cancelados quando manifestantes tentaram invadir o terminal. Também foi emitido um novo mandado de prisão internacional contra o ex-presidente catalão Carles Puigdemont "por crimes de sedição e desvio de recursos públicos".

Notícias relacionadas