Mundo

Netanyahu renuncia ao cargo de primeiro-ministro e desiste de formar governo em Israel

Deputado Benny Gantz, opositor de Netanyahu e cujo partido venceu as eleições de setembro, terá agora 28 dias para tentar formar governo

[Netanyahu renuncia ao cargo de primeiro-ministro e desiste de formar governo em Israel]
Foto : Reprodução

Por Metro1 no dia 21 de Outubro de 2019 ⋅ 16:24

O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, renunciou, nesta segunda-feira (21), à tarefa de formar um novo governo. O presidente Reuven Rivlin informou que encarregará o opositor, o general Benny Gantz, da missão. As informações são da AFP.

Netanyahu anunciou “para o chefe de Estado que renunciava a formar governo", e este manifestou sua "intenção de transferir o mandato (...) o quanto antes (...) para o deputado Benny Gantz”. Israel passou pela segunda eleição legislativa do ano em 17 de setembro. Após o pleito de abril, Netanyahu havia sido escolhido para formar maioria no governo e falhou, levando-o à dissolução do parlamento isralense, chamado de Knesset, e à convocação de novas eleições, que ocorreram em 17 de setembro.

Na prática, o partido de Netanyahu, o Likud, ficou com menos cadeiras na Knesset, somando 32. O partido Azul e Branco, de Gantz, somou 33. Porém, o presidente Rivlin, encarregado de nomear o ocupante do cargo de primeiro-ministro, justificou a escolha de Netanyahu por ele, teoricamente, ter mais chances de somar aliados a seu favor.Mesmo assim, nos cálculos iniciais, Netanyahu conseguiria o apoio de 55 deputados, contra 54 de Gantz. Ambos os números ainda estavam abaixo de 50% + 1 dos membros da Knesset, equivalente a 61 deputados.
 

Notícias relacionadas