Mundo

Democratas acusam Trump de intimidar testemunhas de impeachment

Ex-embaixadora dos EUA na Ucrânia disse ter sido vítima de campanha de difamação

[Democratas acusam Trump de intimidar testemunhas de impeachment]
Foto : Reprodução/Flickr/Gage Skidmore

Por Catarina Lopes no dia 16 de Novembro de 2019 ⋅ 08:00

Membros do Partido Democrata acusaram o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de ameaçar testemunhas do impeachment para obstruir o processo. Ontem (15), o segundo dia de audiências públicas, a ex-embaixadora dos EUA na Ucrânia, Marie Yovanovitch, declarou ter sido vítima de uma campanha de difamação. Alguns momentos antes dela ser ouvida, Trump foi ao Twitter acusá-la de incompetência ao ocupar a embaixada tanto na Ucrânia quanto na Somália.

Então, ele se queixou também da “caça às bruxas” que ele afirmou estar sendo realizada pela porta voz da maioria democrata na Câmara, Nancy Pelosi. Durante a audiência, Yovanovitch disse que “não posso comentar o que o presidente dos Estados Unidos está tentando fazer, mas acho que o objetivo é intimidar”, e o presidente do Comitê de Informações da Câmara, o democrata Adam Schiff, declarou que o Congresso leva a sério intimidação de testemunhas.

Yovanovitch disse que, durante sua campanha de difamação, a Casa Branca montava um canal diplomático paralelo. Ela foi afastada do cargo de embaixadora da Ucrânia em maio e, dois meses depois, Trump ligou para o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenski, para pedir a investigação dos negócios do filho do pré-candidato democrata Joe Biden, retendo ajuda militar de US$ 400 milhões para o país enquanto isso.

Notícias relacionadas

['Uma piada', diz Trump sobre relatório de impeachment]
Mundo

'Uma piada', diz Trump sobre relatório de impeachment

Por Kamille Martinho no dia 04 de Dezembro de 2019 ⋅ 22:00 em Mundo

A investigação para abrir um processo de impeachment contra Trump entrou hoje (4) em uma nova fase com a aprovação do relatório que servirá como base para uma eventual ac...