Mundo

Hong Kong registra novos confrontos neste domingo

A polícia disparou várias granadas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes

[Hong Kong registra novos confrontos neste domingo]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Danielle Campos no dia 17 de Novembro de 2019 ⋅ 12:00


A polícia disparou hoje (17) gás lacrimogêneo contra manifestantes na Universidade Politécnica de Hong Kong. Um grande grupo de pessoas foi às ruas para tentar limpar uma estrada com escombros perto da universidade, mas os manifestantes mandaram que se afastassem.

A polícia chegou a algumas centenas de metros e disparou granadas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes, que se abrigavam atrás de uma "parede" de guarda-chuvas. O mesmo grupo de manifestantes que ocupa a universidade, bloqueou o acesso a um dos três principais túneis rodoviários que ligam a Ilha de Hong Kong ao resto da cidade. 

Em outros lugares, trabalhadores e voluntários, incluindo soldados chineses que saíram da guarnição, limparam estradas repletas de entulhos no sábado. Houveram incidentes de manifestantes confrontando as pessoas que realizavam a limpeza.

Líderes da oposição criticaram os militares chineses por se juntarem às operações de limpeza. Os militares têm permissão para ajudar a manter a ordem pública, mas apenas a pedido do governo de Hong Kong. O governo diz não ter solicitado assistência dos militares, descrevendo-a como uma atividade voluntária da comunidade.

Notícias relacionadas