Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Morales denuncia crimes contra a humanidade na Bolívia

Ex-presidente exigiu que "governo de fato" de Jeanine Áñez identifique autores de mortes

[Morales denuncia crimes contra a humanidade na Bolívia]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Catarina Lopes no dia 18 de Novembro de 2019 ⋅ 20:00

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, agora exilado no México, denunciou que estão sendo cometidos crimes contra a humanidade em "repressão policial e militar" no país. Ele pediu que o "governo de fato" de Jeanine Áñez identifique autores intelectuais e materiais de 24 mortes registradas nos últimos cinco dias.

"Denuncio perante a comunidade internacional estes crimes contra a humanidade que não devem ficar impunes", disse Morales. Segundo a Defensoria do Povo Boliviano, o número de mortos durante cerca de um mês de conflito foi para 23 e o total de feridos passou de 700.

Notícias relacionadas