Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Mundo

Ucrânia recua e deixa de considerar problema mecânico como causa de queda de avião no Irã

Anteriormente, segundo veículos internacionais, a representação havia dito que o acidente foi causado por uma falha no motor da aeronave

Ucrânia recua e deixa de considerar problema mecânico como causa de queda de avião no Irã

Foto: Reprodução

Por: Matheus Simoni no dia 08 de janeiro de 2020 às 08:36

A embaixada da Ucrânia no Irã recuou após divulgar um comunicado sobre a queda do avião da Ukraine International Airlines com 176 pessoas a bordo. De acordo com a agência de notícias Reuters, o governo passou a omitir a causa da falha do motor como responsável pelo acidente. A embaixada informou que qualquer comentário anterior sobre o motivo do acidente não era oficial.

Anteriormente, segundo veículos internacionais, a representação havia dito que o acidente foi causado por uma falha no motor da aeronave, sem relação com terrorismo.

A queda da aeronave ocorre em meio à tensão entre Estados Unidos e Irã, horas depois de duas bases iraquianas que abrigam tropas dos EUA serem atacadas pela Guarda Revolucionária iraniana. O ataque foi uma resposta após a morte de Qassim Suleimani depois de ofensiva americana.

Leia mais:

Chanceler do Irã diz que ataque a base dos EUA no Iraque foi ato de ‘legítima defesa’

Após convocação, Brasil diz ao Irã que nota do Itamaraty não é direcionada ao país

Donald Trump minimiza ataque a bases americanas no Iraque

Ucrânia recua e deixa de considerar problema mecânico como causa de queda de avião no Irã - Metro 1