Mundo

Premiê russo anuncia exoneração plena do governo

Declaração de Dmitry Medvedev a Vladimir Putin foi após seu discurso na Assembleia Federal hoje (15)

[Premiê russo anuncia exoneração plena do governo ]
Foto : Kremlin

Por Metro1 no dia 15 de Janeiro de 2020 ⋅ 11:17

O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, disse ao presidente russo, Vladimir Putin, que todo o governo russo está em processo de exoneração. A informação é da agência Sputnik.

A declaração de Medvedev a Putin foi após seu discurso na Assembleia Federal hoje (15). O primeiro-ministro afirmou ao presidente que a sua fala delimitou uma série de "mudanças fundamentais" na Constituição do país.

"Caro Vladimir Vladimirovich (Putin), caros colegas, todos vocês testemunharam a mensagem do presidente da Rússia, Vladimir Vladimirovich (Putin), uma vez que o presidente delineou não só as prioridades de trabalho no nosso país para o próximo ano, mas também uma série de mudanças fundamentais na Constituição da Rússia. Essas mudanças, quando adotadas - e muito provavelmente após discussão, como foi dito - trarão mudanças significativas não apenas em vários artigos da Constituição, mas também no equilíbrio de poder em geral", disse Medvedev durante a reunião com Putin.

"O Executivo, o Legislativo e o Judicial. Neste contexto, é óbvio que nós, como governo da Rússia, devemos dar ao presidente do nosso país a oportunidade de tomar todas as decisões necessárias para este fim. E sob estas condições, creio que seria justo que, de acordo com o artigo 117 da Constituição da Rússia, o governo russo, na sua composição atual, se exonerasse", completou.

Putin agradeceu a Medvedev pelo seu trabalho e estimulou o primeiro-ministro e o gabinete a continuarem o seu trabalho até que um novo governo seja formado.

Depois da formação do novo governo, Medvedev deve assumir o cargo de vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, órgão que aconselha o presidente em assuntos de segurança nacional. 

Notícias relacionadas