Mundo

TikTok pede à justiça revogação contra bloqueio nos Estados Unidos

Governo do presidente Donald Trump atribuiu sua decisão a razões de segurança nacional

[TikTok pede à justiça revogação contra bloqueio nos Estados Unidos]
Foto : Reuters

Por Cristiele França no dia 20 de Setembro de 2020 ⋅ 10:00

A TikTok, subsidiária da empresa chinesa ByteDance, pediu à justiça americana que revogue a decisão de proibir o download de seu aplicativo nos Estados Unidos a partir de hoje (20).  O governo do presidente Donald Trump atribuiu sua decisão a razões de segurança nacional, mas o TikTok alega que "as razões são políticas", de acordo com a ação apresentada na ultima sexta-feira (18), a um tribunal de Washington.

O TikTok também alega que a proibição viola os direitos constitucionais à liberdade de expressão e a um julgamento justo.  Se mantida, a proibição vai encerrar "irreversivelmente" a atividade do aplicativo no país com 100 milhões de usuários, de acordo com o processo.

Os Estados Unidos decidiram na sexta-feira proibir o download do TikTok e também do WeChat, plataforma que permite transmitir mensagens, fazer compras e pagamentos, entre outros serviços. O WeChat é usado por 19 milhões de pessoas no país. A medida foi tomada enquanto a ByteDance negocia a transferência de parte de suas atividades para uma empresa americana.

 

Notícias relacionadas