Mundo

EUA: Trump e Biden trocam farpas em primeiro debate presidencial nas eleições 2020

Presidente americano ironizou adversário, que chegou a mandar ele calar a boca

[EUA: Trump e Biden trocam farpas em primeiro debate presidencial nas eleições 2020]
Foto : CNN

Por Matheus Simoni no dia 30 de Setembro de 2020 ⋅ 07:28

O primeiro debate entre Donald Trump e Joe Biden, na noite de ontem (29), marcou uma troca de farpas agressiva entre os dois candidatos à presidência dos Estados Unidos. Em meio a provocações, interrupções e até xingamentos, os presidenciáveis chegaram até a gritar um contra o outro em determinados momentos. Trump defendeu seu governo com informações falsas e adotou estratégia para desconcentrar Biden, que retrucou criticando a atuação do adversário diante da pandemia de coronavírus. 

O candidato democrata chegou a perder a paciência logo nos primeiros minutos ao ser interrompido diversas vezes pelo rival e pediu que Trump calasse a boca. "Você vai calar a boca, cara?", disse o democrata, que afirmou que "todo mundo sabe que Trump é um mentiroso" e classificou o presidente como o pior líder da história do país. "É difícil falar qualquer coisa com esse palhaço", completou Biden quando tentava responder sobre os negócios de um de seus filhos na Ucrânia.

Em determinado momento, Biden criticou também as recentes queimadas na Amazônia e afirmou que uma de suas propostas é trabalhar com países ao redor do mundo para atacar o aquecimento global.

"A floresta tropical no Brasil está sendo destruída", criticou o democrata, que prometeu se juntar com outros países e oferecer US$ 20 bilhões (R$ 112 bi) para ajudar na preservação da região. "Parem de destruir a floresta e, se não fizer isso, você terá consequências econômicas significativas", completou, indicando possíveis retaliações ao governo brasileiro.

Trump rebateu as provocações e respondeu às críticas sobre sua atuação em relação à pandemia de coronavírus dizendo que "você não deveria falar em esperteza comigo, não há nada de esperto em você, Joe".

Donald Trump acusou Biden de querer manter os EUA fechados, e disse que isso iria destruir o país, enquanto o democrata afirmou que era a favor de manter medidas de segurança necessárias para evitar o aumento do número de casos e mortes causadas pelo Covid-19.

O presidente americano ironizou o uso da máscara, mesmo recomendada pelas autoridades científicas. "Eu não uso uma máscara como (Biden), toda vez que você o vê, ele tem uma máscara. Ele pode estar falando a 200 metros de distância e aparece com a maior máscara que eu já vi", disse. 

Notícias relacionadas