Mundo

Após o país atingir 1 milhão de casos de covid-19, governo espanhol decreta estado de alarme

Em reunião extraordinária, o governo aprovou a aplicação de um estado de alarme durante 15 dias, mas com a intenção de pedir ao Congresso que prorrogue a medida

[Após o país atingir 1 milhão de casos de covid-19, governo espanhol decreta estado de alarme ]
Foto : Pablo Blazquez Dominguez/Getty Images

Por Luciana Freire no dia 25 de Outubro de 2020 ⋅ 13:30

 

Após a Espanha atingir 1 milhão de casos diagnosticados, o presidente, Pedro Sánchez, decretou hoje (25) um estado de alarme que irá amparar a aplicação de um toque de recolher em todo o país, na tentativa de frear a nova onda de coronavírus. "O estado de alarme é uma ferramenta constitucional para situações extremas e a situação que vivemos é extrema", disse, num discurso transmitido pela televisão.

Em reunião extraordinária com seu conselho de ministros, o governo aprovou a aplicação de um estado de alarme durante 15 dias, mas com a intenção de pedir ao Congresso que prorrogue a medida até o início de maio de 2021, segundo explicou o chefe de Governo.

Segundo o decreto do estado de alarme, o executivo irá impor um toque de recolher noturno entre 23h e às 6h em todo o país, com exceção para as ilhas Canárias, em meio aos protestos das autoridades regionais para adiantá-lo ou atrasá-lo em uma hora.

Leia mais:

Espanha é primeiro país da União Europeia a superar 1 milhão de casos de Covid-19

Notícias relacionadas