Mundo

Escolas e universidades em Portugal são pichadas com mensagens contra brasileiros e negros

Entre as pichações estão frases como: “Zucas (termo pejorativo usado para se referir aos brasileiros), voltem para as favelas! Não vos queremos aqui!”

[Escolas e universidades em Portugal são pichadas com mensagens contra brasileiros e negros]
Foto : Reprodução/Twitter/Iara Sobral

Por Luciana Freire no dia 30 de Outubro de 2020 ⋅ 22:00

Três escolas secundárias e duas universidades, além de um centro para refugiados, foram pichados em Lisboa com mensagens de ódio contra negros, ciganos e brasileiros na madrugada de hoje (30). Segundo o jornal local "Público", o autor do crime de racismo ainda é desconhecido das autoridades. A informação foi divulgada pelo site G1.

O vandalismo aconteceu nas entradas de escolas secundárias dos bairros de Portela, Sacavém e Olivais, além da Universidade Católica Portuguesa e do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE). Um centro de acolhimento de refugiados na região da Bobadela, também foi alvo.

Imagens das mensagens circulam em redes sociais. Entre elas há as seguintes frases como: “Zucas (termo pejorativo usado para se referir aos brasileiros), voltem para as favelas! Não vos queremos aqui!”, e “Morte aos pretos, por uma faculdade branca”.

Notícias relacionadas