Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Polícia

Vítima de feminicídio em Ipirá é enterrada; suspeito segue preso

Carlos Judeu teve prisão em flagrante convertida em preventiva após audiência de custódia

Vítima de feminicídio em Ipirá é enterrada; suspeito segue preso

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 19 de janeiro de 2022 às 06:22

A cabelereira Alessandra Souza Rios, de 40 anos, que foi morta em Ipirá pelo ex-marido ao chegar de uma festa foi enterrada na tarde desta terça-feira (18). Na despedida à cabelereira, familiares e amigos vestiam camisas em homenagm à vítima. 

Também na terça, o suspeito do crime, Luís Carlos Judeu teve a prisão covertida em preventiva e seguirá a disposição da Justiça. O ex-marido da cabelereira havia sido preso em flagrante na manhã seguinte aos disparos, depois de ser perseguido por testemunhas ainda no momento do crime. Segundo informações da Polícia Civil, durante a perseguição Judeu teria disparado tiros também contra as testemunhas. Se comprovados os disparos, o suspeito poderá responder, também, por quatro tentativas de homicídio.

O crime foi cometido na frente das duas filhas gêmeas do casal, enquanto as três voltavam de uma vaquejada. Não há detalhes sobre as idades das meninas. Cãmeras de segurança chegaram a registrat toda a ação. Em depoimento, Judeu disse não se lembrar de ter cometido o crime.

A delegacia da cidade detalhou que Alessandra já tinha uma medida protetiva contra o ex-marido, Luís Judeu. Ele já era investigado por ameaçar e causar danos à ex-companheira. Conhecida como "Sandra do Salão", a vítima teve um estabelecimento queimado em um ataque criminoso.

 

 

Vítima de feminicídio em Ipirá é enterrada; suspeito segue preso - Metro 1