Polícia

Procurador-geral e promotor são baleados por servidor público na sede do MP

Um servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) baleou o procurador-geral adjunto estadual Jovino Pereira da Costa Sobrinho e o promotor de Justiça Wendell Beetoven Ribeiro, lotado no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O crime aconteceu na manhã desta sexta-feira (24), na sede do MP, em Natal. [Leia mais...]

[Procurador-geral e promotor são baleados por servidor público na sede do MP]
Foto : Google Street View

Por Laura Lorenzo no dia 24 de Março de 2017 ⋅ 14:54

Um servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) baleou o procurador-geral adjunto estadual Jovino Pereira da Costa Sobrinho e o promotor de Justiça Wendell Beetoven Ribeiro, lotado no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O crime aconteceu na manhã desta sexta-feira (24), na sede do MP, em Natal.

De acordo com a assessoria do Ministério Público, o autor dos disparos é o servidor concursado do órgão Guilherme Wanderley Lopes da Silva, que trabalhava como assessor de uma procuradoria. Segundo testemunhas, Silva entrou na sala onde o procurador-geral e o promotor participavam de uma reunião administrativa e, bastante exaltado, sacou a arma e disparou a esmo.

O procurador-geral Sobrinho foi atingido no tórax e um dos outros tiros acertou Beetoven Ribeiro pelas costas. Ambos foram levados para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. De acordo com a assessoria do órgão, inicialmente o quadro de ambos foi considerado estável.

O suspeito de ter efetuado os disparos fugiu, e até o inicio da tarde desta sexta ainda não havia sido encontrado. Ainda não se sabe o que pode ter motivado o crime.

Notícias relacionadas