Polícia

Guarda é preso em Salvador suspeito de matar homem que testemunhou contra ele

Um agente da Guarda Municipal de Salvador foi preso após ser acusado de matar Pedro Santos Neves, de 26 anos, no dia 4 de setembro, em Cosme de Farias. Marcos Cardoso dos Santos, de 35 anos, teve o mandado de prisão temporária cumprido ao se apresentar, acompanhado do advogado, no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A prisão ocorreu na última segunda-feira (19), mas só foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (22). [Leia mais...]

[Guarda é preso em Salvador suspeito de matar homem que testemunhou contra ele]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Simoni no dia 22 de Setembro de 2017 ⋅ 12:55

Um agente da Guarda Municipal de Salvador foi preso após ser acusado de matar Pedro Santos Neves, de 26 anos, no dia 4 de setembro, em Cosme de Farias. Marcos Cardoso dos Santos, de 35 anos, teve o mandado de prisão temporária cumprido ao se apresentar, acompanhado do advogado, no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A prisão ocorreu na última segunda-feira (19), mas só foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (22). Segundo o delegado Charlton Fraga, da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), a vítima já tinha sido ameaçada de morte pelo guarda, pois havia testemunhado contra ele numa audiência criminal, na qual respondia por assassinato, ocorrido em 2012. Na ocasião, Pedro precisou sair escoltado do fórum.

Pedro foi morto a tiros, na Ladeira do Sossego, em Cosme de Farias, quando estava na porta de casa com os irmãos. Na ocasião, eles foram abordados por dois homens, um deles ainda não identificado. Marcos, que permanece no sistema prisional, teve o mandado, expedido pelo 2º Juízo da 1º Vara do Tribunal do Júri.

Notícias relacionadas