Polícia

Mais de 100 chefes de facções criminosas de quatro estados foram transferidos para presídios federais

As transferências, segundo Moro, são importantes para isolar bandidos influentes dessas facções criminosas

[Mais de 100 chefes de facções criminosas de quatro estados foram transferidos para presídios federais]
Foto : Presídios Wilson Dias/Agência Brasil

Por Adelia Felix no dia 24 de Junho de 2019 ⋅ 19:06

Aos menos 113 chefes de facções criminosas de quatro estados diferentes foram transferidos dos presídios locais para penitenciárias federais no primeiro semestre deste ano. As informações são do jornal O Globo.

De acordo com a reportagem, os últimos 30, todos do Pará, foram nesta última semana de junho, em operação que contou com o apoio da Força Aérea Brasileira (FAB), conforme anunciou o ministro da Justiça, Sergio Moro , em sua conta no Twitter. Além deles, já foram transferidos 35 do Ceará em janeiro, 22 de São Paulo em fevereiro e 26 do Amazonas, em maio.

As transferências, segundo o ministro, são importantes para isolar bandidos influentes dessas facções criminosas. "Durante a madrugada, a pedido do governo do Pará, o MJSP/DEPEN transferiu 30 lideranças criminosas daquele estado para presídios federais. Agradeço ao competente apoio da FAB. A transferência desarticulou a organização criminosa e preveniu possível rebelião prisional", escreveu Moro. MJSP é a sigla para Ministério da Justiça e Segurança Pública e Depen é o Departamento Penitenciário Nacional.


 

Notícias relacionadas