Polícia

Delicatessen rebate acusação de vítima de assalto: 'em momento nenhum foi negado apoio'

Imagens de segurança enviadas ao Metro1 mostram o momento em que a vítima sai do estabelecimento; veja vídeo

[Delicatessen rebate acusação de vítima de assalto: 'em momento nenhum foi negado apoio']
Foto : Repodução/imagens de segurança

Por Metro1 no dia 29 de Junho de 2019 ⋅ 19:05

O proprietário da delicatessen Deli & Cia, localizada no bairro da Graça, Mário Pithon, rebateu a acusação de que o estabelecimento negou apoio à empresária Rita de Cássia Carrera, de 60 anos, vítima de assalto no estacionamento da loja.

Ao Metro1, a filha da vítima afirmou que "a delicatessen simplesmente fechou todas as portas, não prestou qualquer ajuda, mesmo depois do assaltante ter ido embora". "Minha mãe nem conseguia falar direito e eles todos protegidos lá dentro. Não ofereceram nem uma cadeira pra ela sentar. Ninguém apareceu”, ela completou.

Pithon nega a versão. "A loja não fechou as portas, como ela relata. Inclusive tenho vídeo que mostra isso. Os clientes e outras pessoas que estavam na rua, inclusive, se assustaram, foi uma correria e todos entraram no estabelecimento. Quando acabou, nosso gerente ia chamar a polícia, mas logo chegou uma viatura, então não tinha porque ele chamar outra”, declarou o empresário.

Imagens de segurança enviadas ao Metro1 mostram o momento em que a mulher sai da delicatessen. Segundos depois, após o assalto, ela retorna para a frente do estabelecimento. Veja vídeo:

Notícias relacionadas