Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Moraes pede que PGR opine após Bolsonaro desistir de depoimento em inquérito que apura interferência na PF

Após o parecer da PGR, Moraes deve decidir se atende à dispensa do depoimento

[Moraes pede que PGR opine após Bolsonaro desistir de depoimento em inquérito que apura interferência na PF]
Foto : Rosinei Coutinho/SCO/STF

Por Luciana Freire no dia 27 de Novembro de 2020 ⋅ 21:00

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, prorrogou hoje (27) por 60 dias o inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro interferiu na Polícia Federal.

No mesmo despacho, Moraes, relator do inquérito, determinou que a Procuradoria Geral da República (PGR) se manifeste em até cinco dias sobre a necessidade de depoimento de Bolsonaro. O presidente desistiu ontem (26) de depor.

Após o parecer da PGR, Moraes deve decidir se atende à dispensa do depoimento e se manda o inquérito para a Polícia Federal concluir as investigações.

Leia mais:

Interferência na PF: Bolsonaro decide não prestar depoimento e pede conclusão do inquérito

Notícias relacionadas

[Se Deus quiser vou continuar meu mandato, diz Bolsonaro]
Política

Se Deus quiser vou continuar meu mandato, diz Bolsonaro

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Janeiro de 2021 ⋅ 10:05 em Política

Em conversa com apoiadores, presidente ainda responsabilizou governo do Amazonas e prefeitura de Manaus pelo caos na saúde da capital: "Todo mundo me culpa. Tudo sou eu"