Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Arthur Lira inicia despejo de jornalistas da Câmara

Mesmo com pressão de veículos de comunicação e parlamentares, Lira decidiu manter sua decisão de mudar o local onde fica o comitê de imprensa da Casa

[Arthur Lira inicia despejo de jornalistas da Câmara]
Foto : Michel Jesus/Agência Câmara

Por Matheus Simoni no dia 12 de Fevereiro de 2021 ⋅ 11:20

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), decidiu manter sua decisão de mudar o local onde fica o comitê de imprensa da Casa. Segundo o parlamentar, a mudança deve começar nesta sexta-feira (12). Mesmo com a pressão de veículos de comunicação, parlamentares, entidades e figuras públicas, jornalistas devem ser ser removidos para o local hoje ocupado pela Secretaria Geral da Mesa.

O espaço é pequeno e dificulta, em meio à pandemia, o distanciamento social e a ventilação necessários. A ida para o espaço onde o comitê deve ficar definitivamente pode demorar meses. No entanto, a definição oficial de onde será o novo comitê ainda não foi anunciada. O espaço atual do comitê reservado aos jornalistas que fazem a cobertura diária do Poder Legislativo fica ao lado do Plenário da Casa. No lugar do comitê será instalado o gabinete da presidência, logo, de Lira.

Inicialmente, Lira queria que a imprensa fosse transferida para uma sala em um andar abaixo do atual, ainda mais distante do plenário e sem contato com as atividades parlamentares.

Com a alteração, Lira não precisará mais passar pelo Salão Verde para chegar ao Plenário. Grande parte dos jornalistas aproveita a caminhada pelo salão para abordar o presidente da Casa e os demais deputados. Após a divulgação na imprensa da mudança de local, Arthur Lira divulgou uma nota afirmando que a alteração busca aproximá-lo dos demais parlamentares. 

“A alteração de espaços dentro da Câmara dos Deputados em nada vai interferir na circulação da imprensa, que continuará tendo acesso livre a todas as dependências, como o cafezinho, o plenário, os corredores, os salões e a própria presidência. O objetivo da alteração é aproximar o presidente dos Deputados, como eu falei em toda a minha campanha."

O Comitê de Imprensa atual tem 288 metros quadrados e 54 mesas de trabalho. Em grandes coberturas jornalísticas, as mesas chegavam a ser compartilhadas por até duas pessoas, dobrando a capacidade. A sala provisória tem cerca de 100 metros quadrados e deverá receber cerca de 40 mesas menores.

Notícias relacionadas