Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Auxílio emergencial deve ir até R$ 250; votação no Senado está prevista para quinta

No total, 40 milhões de pessoas devem ser beneficiadas

[Auxílio emergencial deve ir até R$ 250; votação no Senado está prevista para quinta]
Foto : Leonardo Sá/Agência Senado

Por Juliana Rodrigues no dia 23 de Fevereiro de 2021 ⋅ 09:40

O governo vai voltar a pagar o auxílio emergencial. Serão creditadas quatro parcelas de até R$ 250 entre março e junho, que custarão até R$ 40 bilhões. Desse total, R$ 30 bilhões serão bancados por meio do aumento da dívida pública e o restante, pelo orçamento do Bolsa Família. A informação é do Correio Braziliense.

No total, 40 milhões de pessoas devem ser beneficiadas, após um amplo cruzamento dos dados daqueles que receberam o auxílio no ano passado. O governo deve definir o valor do benefício por meio de medida provisória, que será editada logo após o Congresso aprovar a proposta de emenda à Constituição (PEC) Emergencial.

A perspectiva é de que a PEC seja votada na próxima quinta-feira em dois turnos no Senado, e dentro de até duas semanas, na Câmara. A equipe econômica acredita que, caso esse prazo seja cumprido, já será possível pagar o auxílio emergencial no mês que vem. O governo não descarta, porém, baixar a MP logo depois do aval do Senado, apostando que os deputados cumprirão o acordado.

Notícias relacionadas