METROPOLE

Domingo, 09 de maio de 2021

Política

Setores universitários reagem à mudança na presidência da Capes

Setores de pesquisa acadêmica questionam currículo da nova presidente do órgão

Setores universitários reagem à mudança na presidência da Capes

Foto: Reprodução

Por: André Uzêda no dia 19 de abril de 2021 às 09:38

A nomeação de Claudia Mansani para presidir a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), em anúncio feito pelo governo federal na última quinta-feira (15), provocou manifestações em vários grupos universitários de todo país. Esta é a terceira pessoa indicada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para presidir o ógão, um dos mais importantes de fomento à pesquisa acadêmcia no Brasil. 

A diretoria da Sociedade Brasileira de Física escreveu uma longa nota questionando a nomeação de Claudia Mansani, classificando-a como alguém que "não possui as qualidades esperadas para o cargo". No texto, pontuaram ainda que "o currículo da Dra. Toledo não é compatível com o perfil desejado de presidentes da CAPES. Tememos, portanto, que a importante missão da CAPES esteja ameaçada com esta nomeação. Esperamos que o Ministério da Educação possa encontrar alguém com histórico profissional e formação mais adequados para presidir a CAPES, garantindo assim a continuidade da formação de recursos humanos de alto nível, tão necessária para o desenvolvimento".

As críticas se somam a muitas outras de diferentes setores. O professor de filosofia da Universidade Federal da Bahia, Daniel Peres, escreveu um longo artigo intitulado "Tirem as mãos da CAPES", criticando as escolhas "equivocadas" do governo federal para gerir o plano nacional de educação.

"Todos sabemos que o caos Bolsonaro, desde o seu primeiro momento, declarou guerra aberta às Universidades Federais. Primeiro com o idiota e abobalhado Velez; depois com o idiota e violento Weintraub; agora com o idiota e sonso Milton Ribeiro. Os dois primeiros sempre consideraram as Universidades Públicas, em especial as Universidades Federais, como local de produção em massa de militantes comunistas.", escreve.

 

TV METRO

Entrevistas

Roberto Coelho

Em 07 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Setores universitários reagem à mudança na presidência da Capes - Metro 1