Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Política

Ministério da Saúde diz à CPI que enviou 100 mil comprimidos de cloroquina para indígenas

Medicamento foi enviado para tratamento da Covid-19

Ministério da Saúde diz à CPI que enviou 100 mil comprimidos de cloroquina para indígenas

Foto: Divulgação

Por: Luciana Freire no dia 19 de junho de 2021 às 17:00

O Ministério da Saúde informou à CPI da Covid que distribuiu mais de 6 milhões de comprimidos de cloroquina e hidroxicloroquina entre março de 2020 e abril de 2021 para combater a Covid-19. Somente as terras indígenas receberam 100,5 mil unidades em junho do ano passado especificamente para estar finalidade, de acordo com os documentos.

Os números fornecidos pela pasta contrariam declarações dadas pelo ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. Em depoimento à CPI, ele disse que a cloroquina, que não tem eficácia contra a Covid-19, foi distribuída para indígenas em razão da malária, doença para a qual é indicada, e não para enfrentamento à pandemia.

A política do governo para povos indígenas tem gerado críticas dentro e fora do país. Segundo um telegrama de maio de 2020 do ex-embaixador do Brasil em Israel Paulo Cesar Meira de Vasconcellos, entregue à CPI e revelado pela TV Globo, o então primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu via "risco real" de o presidente Jair Bolsonaro ser investigado pelo Tribunal Penal Internacional por "genocídio de povos indígenas".

Ministério da Saúde diz à CPI que enviou 100 mil comprimidos de cloroquina para indígenas - Metro 1