Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Política

Reprovação de Bolsonaro bate próprio recorde e cresce até mesmo entre evangélicos

Pesquisa foi feita entre os dias 13 a 15 de setembro, logo após uma semana tensa para o presidente

Reprovação de Bolsonaro bate próprio recorde e cresce até mesmo entre evangélicos

Foto: Isac Nóbrega/PR

Por: Geovana Oliveira no dia 16 de setembro de 2021 às 17:23

A rejeição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) continua a crescer no país. Em pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta quinta-feira (16), a reprovação ao governo chegou a 53%, pior índice de seu mandato. 

A pesquisa foi feita entre os dias 13 a 15 de setembro, depois de uma semana tensa para o presidente — quando convocou atos antidemocráticos e recebeu as respostas das instituições do país. 

A alta da reprovação é impulsionada também por grupos e setores nos quais o presidente detinha uma confortável sustentação, como evangélicos. Apenas 29% dos evangélicos continuam aprovando o governo Bolsonaro. 

O presidente também passou a ser mais rejeitado no agregado das regiões Norte e Centro-Oeste (16% da amostra), onde costuma ter mais apoio. 

Reprovação de Bolsonaro bate próprio recorde e cresce até mesmo entre evangélicos - Metro 1