Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Política

CPI incluirá em relatório fala de Bolsonaro que relaciona vacina contra Covid-19 à Aids

Cúpula da comissão pedirá ao STF que presidente seja investigado no âmbito do inquérito das Fake News

CPI incluirá em relatório fala de Bolsonaro que relaciona vacina contra Covid-19 à Aids

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Por: Metro1 no dia 25 de outubro de 2021 às 13:11

O vice-presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse que a declaração em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) relacionou a vacina contra a Covid-19 à Aids durante live na última quinta-feira (21) será incluída no relatório final da comissão.

Além da inclusão da fala do presidente, a CPI pedirá ainda ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes que Bolsonaro seja investigado pela mesma fala no âmbito do inquérito das Fake News, que é relatado por Moraes.

A cúpula da CPI também solicitará às plataformas de redes sociais que suspendam as contas do presidente. “Recomendaremos às plataformas de redes sociais a suspensão e/ou o banimento do Presidente”, escreveu Randolfe no Twitter nesta segunda-feira (25).

“Temos um delinquente contumaz na Presidência da República! Informo que incluiremos, no relatório da CPI, a fala mentirosa e absurda de Bolsonaro associando a vacina contra a COVID-19 à AIDS. Além disso, encaminharemos ofício ao Ministro Alexandre de Moraes, pedindo que Bolsonaro seja investigado por esse absurdo no âmbito do inquérito das fake news", acrecentou.

Após relacionar a vacina contra a Covid-19 ao vírus da Aids, o Facebook e o Instagram excluíram o conteúdo da live. Segundo especialistas, não se conhece nenhuma relação entre a vacina e a Aids. As entidades ainda reforçam que pessoas que têm a síndrome devem ser vacinadas, inclusive com a dose de reforço.

CPI incluirá em relatório fala de Bolsonaro que relaciona vacina contra Covid-19 à Aids - Metro 1