Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Política

Democracia no Brasil virou projeto conservador, diz historiadora Lilia Schwarcz

A escritora e historiadora Lilia Schwarcz analisou o cenário social e político do Brasil, em entrevista à Rádio Metropole

Democracia no Brasil virou projeto conservador, diz historiadora Lilia Schwarcz

Foto: Reprodução

Por: Maria Clara Andrade no dia 05 de agosto de 2022 às 13:05

A escritora e historiadora Lilia Schwarcz analisou o cenário social e político do Brasil, em entrevista à Rádio Metropole, nesta sexta-feira (5). Para ela, a democracia brasileira precisa ser remodelada. "Virou um projeto conservador e nós vamos ter que alterar essa ordem das coisas, se não, teremos um país em estado de guerra civil", considerou.

Lilia analisa que a história e a democracia brasileira são marcadas pela desigualdade social. A escritora acrescenta que vê o presidente Jair Bolsonaro como um "sintoma desse Brasil". "O grande desafio da democracia brasileira é enfrentar essa desigualdade renitente do nosso passado e do nosso presente", afirmou.

"Temos uma elite que torna essa realidade invisível, apagada, garantindo para si uma segurança que é ilusória", disse Lilia, que trouxe ainda uma outra questão: a ilusão de que o Brasil é um país pacífico. "Os índices de violência epidêmica, no campo, contra negros, indígenas... São apavorantes. Até quando vamos colocar uma pá de cal nessa situação?", questionou. 

Democracia no Brasil virou projeto conservador, diz historiadora Lilia Schwarcz - Metro 1