Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Política

Justiça de SP condena ex-deputado Fernando Cury por importunação sexual a Isa Penna

Caso aconteceu em dezembro de 2020 na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)

Justiça de SP condena ex-deputado Fernando Cury por importunação sexual a Isa Penna

Foto: Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)

Por: Metro1 no dia 06 de dezembro de 2023 às 12:23

Atualizado: no dia 06 de dezembro de 2023 às 15:25

O ex-deputado federal Fernando Cury (União) foi condenado nesta quarta-feira (6) por importunação sexual contra a ex-deputada estadual Isa Penna (PCdoB). A decisão da juíza Danielle Galhano Pereira da Silva, da 18ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), condenou Cury a 1 ano e 2 meses de prisão em regime aberto. 

Apesar disso, a magistrada substituiu a pena de prisão de Cury por uma multa de 20 salários mínimos e prestação de serviços. O caso aconteceu em dezembro de 2020, quando Cury foi flagrado por câmeras da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) ao se aproximar da então deputada Isa Penna. Ele abraçou a ex-parlamentar e deslizou as mãos pela costela e seios dela.

Em abril de 2021, o Ministério Público de São Paulo denunciou Cury sob acusação de importunação sexual e em outubro desse ano pediu pela condenação do ex-deputado. Ele começou a ser julgado no dia 27 de julho na 18ª Vara Criminal de São Paulo.