Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 17 de abril de 2024

Política

Exclusivo: Cresce consenso do PDT a favor de Leo Prates como vice de Bruno Reis

Deputado busca aval do partido para ocupar vaga na chapa do prefeito em Salvador

Exclusivo: Cresce consenso do PDT a favor de Leo Prates como vice de Bruno Reis

Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados

Por: Jairo Costa Jr. no dia 20 de fevereiro de 2024 às 16:53

Deputado federal mais votado na capital em 2022, Leo Prates (PDT) vem conquistando consenso na cúpula do partido para vice na chapa liderada pelo prefeito Bruno Reis (União Brasil). Atualmente, o posto é ocupado pela secretária municipal da Saúde, Ana Paula Matos, que também é filiada ao PDT e tinha apoio majoritário da sigla para ser novamente indicada. No entanto, líderes da oposição garantem que Prates vem quebrando a resistência interna a seu nome na Executiva Estadual da legenda.

Até então, o presidente do PDT baiano, o deputado federal Félix Mendonça Júnior, sinalizava ao entorno apoio incondicional a Ana Paula, sob argumento de que não havia razões para mudar a dobradinha vitoriosa em 2020. Indagado pelo Metro1 sobre o possível aval a Prates, o pedetista adotou postura mais simpática ao colega de bancada na Câmara: "Se ele for a opção do PDT e do grupo de Bruno, pode ter certeza de que não virá de mim o veto", afirmou Félix Júnior.

No núcleo político da prefeitura, o avanço do apoio a Prates no PDT se deve ao trabalho do secretário-geral do partido no estado, o ex-deputado federal José Carlos Araújo. Seria ele o responsável por aproximar bloco comandado por Félix Júnior de Leo Prates, cuja vitória na sucessão de outubro seria lucrativa para os três. 

A Prates significaria meio caminho para a futura candidatura a prefeito de Salvador, ambição da qual ele não esconde de ninguém. Já Félix Júnior está de olho em parte da herança de 88 mil votos que o correligionário recebeu para deputado federal em Salvador. Já Araújo seria beneficiado com a vaga de Prates no Congresso, já que ele ocupa a primeira suplência do PDT da Bahia.