Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Política

Lula não esperava compreensão de Netanyahu sobre seu comentário referente ao conflito no Oriente Médio

O presidente alega que "diria a mesma coisa"; As informações são da RedeTV

Lula não esperava compreensão de Netanyahu sobre seu comentário referente ao conflito no Oriente Médio

Foto: Divulgação/Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agencia Brasil

Por: Metro1 no dia 27 de fevereiro de 2024 às 15:42

Atualizado: no dia 27 de fevereiro de 2024 às 15:59

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), revelou não esperar que o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, compreendesse sua declaração sobre os conflitos que acontecem no Oriente Médio. O comentário foi dito durante uma entrevista à RedeTV, nesta terça-feira (27). 


“Eu diria a mesma coisa, porque é exatamente o que está acontecendo na Faixa de Gaza [...] Eu conheço o cidadão (Netanyahu), sei o que ele pensa ideologicamente”, disse o presidente. 

Segundo o governante brasileiro, a guerra que acontece entre Israel e a Faixa de Gaza, se trata de um conflito de um Exército altamente preparado contra mulheres e crianças. “Não podemos ser hipócritas de achar que uma morte é diferente da outra. Você não tem em Gaza uma guerra de Exército altamente preparado contra Exército altamente preparado, você tem uma guerra de Exército altamente preparado contra mulheres e crianças”, completou Lula.

Declaração na Etiópia

No último dia 18, uma declaração de Lula gerou conflito com o governo de Netanyahu. O presidente brasileiro afirmou que “o que está acontecendo na Faixa de Gaza não é uma guerra, mas um genocídio” e comparou o caso com às ações do ditador nazista Adolf Hitler contra os judeus.


Ainda na entrevista, Lula ressaltou que não usou a palavra “holocausto” em referência às ações de Israel. “Primeiro, eu não disse a palavra holocausto, isso foi interpretação do primeiro-ministro de Israel, não foi minha”, afirmou o presidente.