Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 15 de junho de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

Moraes decide manter prisão de delegado envolvido no assassinato de Marielle

Política

Moraes decide manter prisão de delegado envolvido no assassinato de Marielle

Ministro do STF determinou avaliação de saúde de Rivaldo Barbosa​​​​​

Moraes decide manter prisão de delegado envolvido no assassinato de Marielle

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 18 de maio de 2024 às 07:29

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu, nesta sexta-feira (17), manter a prisão do delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro Rivaldo Barbosa. Ele foi preso devido às investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Segundo informações da Agência Brasil, Moraes rejeitou pedido de soltura feito pela defesa do delegado.

Apesar de manter a prisão, o ministro determinou que a administração do presídio federal de Brasília avalie o estado de saúde de Rivaldo e informe se há necessidade de atendimento médico especializado.

Além do delegado, o conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, Domingos Brazão, e o deputado federal  (União-RJ), Chiquinho Brasão, foram denunciados ao Supremo pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por homicídio e organização criminosa. Todos estão presos por determinação de Moraes pelo suposto envolvimento no assassinato.

Segundo as investigações, o ex-chefe da Polícia Civil deu orientações, a mando dos irmãos Brazão, para realização dos disparos contra Marielle e o motorista Anderson Gomes.