Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

Governo Lula pede que PLs de aborto e delação saiam da pauta do Congresso

Política

Governo Lula pede que PLs de aborto e delação saiam da pauta do Congresso

Motivo seria evitar clima de intolerância

Governo Lula pede que PLs de aborto e delação saiam da pauta do Congresso

Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Por: Metro1 no dia 10 de junho de 2024 às 15:39

Atualizado: no dia 10 de junho de 2024 às 16:12

O Ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou nesta segunda-feira (10) que o Governo Lula (PT) não pretende incluir as votações sobre aborto e delação premiada como pauta da Câmara. O motivo seria evitar um “clima de intolerância”.  

"Consideramos que esses projetos de lei não deveriam estar nesse momento na pauta prioritária da Câmara[...] qualquer projeto de lei que alimente esse clima de intolerância não deveria estar no centro das pautas", afirmou Padilha, em coletiva, após reunião com as lideranças. Por estar em minoria, o governo tem sofrido sucessivas derrotas nas chamadas pautas de costume no Congresso.

Na semana passada, a inclusão do projeto de lei sobre aborto na pauta gerou conflitos na Câmara. O texto debatido era o da PL nº 1.904/2024 que equipara o aborto acima de 22 semanas de gestação ao homicídio simples, o que aumenta de dez para 20 anos a pena máxima para quem realizar o procedimento.

A mudança sobre delações premiadas também entrou na discussão. O projeto de lei de 2016 propõe anular delações premiadas feitas por réus presos. Segundo Padilha, o governo quer focar nas pautas econômicas e sociais. "Volta para a Câmara a discussão do projeto Mover [de automóveis], nós consideramos que esse tema é fundamental para ser votado logo."