Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 12 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

"Não vamos a Brasília dialogar, mas nos defender", diz Haddad

Política

"Não vamos a Brasília dialogar, mas nos defender", diz Haddad

Na última semana, o Congresso recusou uma MP (medida provisória) do governo que diminuiria créditos fiscais

"Não vamos a Brasília dialogar, mas nos defender", diz Haddad

Foto: Diogo Zacarias/MF

Por: Metro1 no dia 15 de junho de 2024 às 16:30

Em meio a derrotas do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Congresso, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que não há diálogo em Brasília, o que leva o governo a ter que se defender das questões movidas pelo Legislativo. Declaração ocorreu durante evento do ICL (Instituto Conhecimento Liberta) em São Paulo, neste sábado (15).

"Quando vamos para Brasília, não dialogamos com o serviço público propriamente dito. Vamos nos defender do que está acontecendo. A todo momento você fica apreensivo. Que lei vão aprovar? O que vamos fazer? Que maluquice é essa? O que estão falando? Por que não se dedicam a coisas sérias que vão mudar a vida das pessoas? Para quê essa espuma toda? Para criar cizânia na sociedade?", afirmou.

Na última semana, o Congresso recusou uma MP (medida provisória) do governo que diminuiria créditos fiscais, elevando o pagamento de impostos por parte de empresas, de modo a compensar a desoneração concedida a 17 setores da economia. "O Brasil é uma encrenca. Um negócio difícil de administrar. Às vezes quem está numa posição de poder não está fazendo a coisa certa pelo país. Isso é a coisa mais triste e difícil de lidar na vida pública no Brasil", disse o ministro.