Política

Impeachment: últimas testemunhas serão ouvidas pelo Senado neste sábado

O julgamento final da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) será retomado na manhã deste sábado (27) pelo plenário do Senado. A partir das 10h, as últimas testemunhas serão ouvidas. A sessão, que ocorrerá sem pausa para almoço, foi acordada entre os senadores e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/UOL

Por Gabriel Nascimento no dia 27 de Agosto de 2016 ⋅ 08:19

O julgamento final da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) será retomado na manhã deste sábado (27) pelo plenário do Senado. A partir das 10h, as últimas testemunhas serão ouvidas. A sessão, que ocorrerá sem pausa para almoço, foi acordada entre os senadores e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. Estima-se que o resultado seja divulgado na próxima terça-feira (30), no entanto, o julgamento pode seguir até quarta-feira (31).

Neste sábado, serão ouvidos o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa e o professor de direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) Ricardo Lodi — como informante. Eles foram indicados pela defesa de Dilma. Desde a última quinta-feira (25) — em meio a desentendimentos — os senadores estão ouvindo os depoimentos das testemunhas de acusação e de defesa. Durante a sessão, os parlamentares questionam quem "presta depoimento" na tentativa de esclarecer pontos relacionados à acusação de que a presidente afastada cometeu crime de responsabilidade.

 

Notícias relacionadas

[Coaf: Cajado diz que votaria contra orientação do PP]
Política

Coaf: Cajado diz que votaria contra orientação do PP

Por Alexandre Galvão no dia 24 de Maio de 2019 ⋅ 15:20 em Política

Cajado chegou ao PP pouco antes da eleição do ano passado. Filiado desde sempre ao DEM, deixou a legenda após o prefeito de Salvador, ACM Neto, desistir de disputar o gov...